O técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, exaltou a força do elenco do time gaúcho na vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Godoy Cruz, nesta quarta-feira à noite, em Porto Alegre, que garantiu o time tricolor nas quartas de final da Copa Libertadores - na partida de ida, na Argentina, a equipe gremista havia vencido por 1 a 0. O treinador frisou a consciência do elenco em relação ao grau de dificuldade da competição continental.

"O mais importante é que o Grêmio fez a parte dele hoje (quarta). Alertei meu grupo na preleção. Muitos colegas de vocês (jornalistas) falavam que o Grêmio já estava classificado, que o jogo era fácil. Nas oitavas de final da Libertadores não tem jogo fácil. Hoje foi uma final de Copa do Mundo para o nosso adversário. Seja contra time brasileiro ou de fora, é sempre muito difícil. Agora deixa eles (possíveis rivais) se matarem para ver quem vai enfrentar o Grêmio", destacou o técnico em entrevista coletiva após o embate.

O treinador também explicou a escolha pelo experiente Maicon, de 31 anos, em detrimento do jovem Arthur no meio de campo gremista. Renato frisou que o grupo de jogadores possui qualidade suficiente para que ele tenha opções além dos 11 atletas hoje considerados titulares e que normalmente iniciam os jogos.

"Eu tenho um grupo em que não tenho titulares e reservas. A Fifa só deixa entrar 11 jogadores em campo. Optei pelo Maicon e não o Arthur porque é uma Libertadores, ele é o capitão, uma liderança em campo, tem mais experiência. E também para segurar na bola aérea com o Michel. Se colocasse três cabeças de área, iam dizer que jogamos retrancados, esperando o jogo. E não é assim que meu time joga. Infelizmente, nós tomamos o gol. Mas tivemos tranquilidade para virar", justificou o comandante.

O meio-campista Michel foi expulso aos 46 minutos do segundo tempo e desfalcará o time no próximo compromisso da equipe na Libertadores. O Grêmio enfrentará o vencedor do duelo entre Botafogo e Nacional, do Uruguai, que jogam nesta quinta, às 19h15, no Engenhão, no Rio. O clube carioca venceu a partida de ida, em Montevidéu, por 1 a 0, e por isso poderá avançar às quartas de final com um empate.