A paisagem do Estádio Independência não tem prazo para voltar ao original. A LuArenas anunciou que iria desmontar a instalação incompleta das arquibancadas móveis na tentativa bloqueada pela Justiça em ampliar o Horto. Mas a espera, principalmente do América, já ultrapassa os 50 dias. E o presidente do Coelho afirmou que o problema é financeiro.

O assunto foi parar na Justiça dias depois de a LuArenas começar a instalação, no começo de abril. A Justiça impediu primeiro a venda de bilhetes para o novo setor que surgia atrás de um dos gols do Independência. Depois, mandou paralisar a instalação. As duas partes iriam caminhar para uma solução em comum no Tribunal. Deu-se, então, a resolução: ambas passariam a viabilizar o projeto de construção de arquibancadas fixas.

Neste ponto, nem mesmo a LuArenas teria mais interesse em utilizar as arquibancadas modulares. Em 26 de junho, o gerente administrativo do Independência, Helber Gurgel, revelava ao Hoje em Dia que as arquibancadas iriam ser removidas. 

"Iremos retirar a arquibancada móvel. Ainda não há prazo para isto. Mas os equipamentos não ficarão mais no estádio. Agora, o América tem o projeto dele de ampliação e esperamos conversar sobre isso após a retirada da arquibancada modular", informou Gurgel, que foi novamente consultado pela reportagem e acrescentou apenas que: "a questão está nas mãos do advogado da LuArenas".

Estrutura atrás do gol permanece e estava presente no jogo Atlético x Flamengo no domingo (13)

Estrutura atrás do gol permanece e estava presente no jogo Atlético x Flamengo no domingo (13)

Leia mais:
Justiça manda suspender ampliação do Independência e marca audiência para maio
Ampliação do Horto: América quer construir arquibancada de concreto pra fechar 'ferradura'
Inutilizadas: LuArenas se prepara para retirada de arquibancadas modulares no Independência
Ação judicial será retirada; América e LuArenas partirão pra ampliação fixa do Independência

Já se passaram, entretanto, quase dois meses e os jogos de Atlético e América ainda são realizados diante da estrutura provisória, que tema em seguir o conceito deste adjetivo. Segundo o presidente do América, Alencar da Silveira Jr, o motivo de as arquibancadas modulares não terem sido desmontadas é falta de dinheiro da concessionária.

"Eles não têm dinheiro pra tirar (as arquibancadas). A questão é essa. Eu, Alencar da Silveira Júnior, presidente do América, quero que aquela estrutura saía do Independência o mais rápido possível. Mas eles não têm dinheiro", disse Alencar, ao Hoje em Dia.

LINHA DO TEMPO:

4 de Abril de 2017 - Inicia-se as instalações das arquibancadas

7 de abril de 2017 - Justiça impede que ingressos de arquibancadas móveis sejam vendidos

12 de abril de 2017 - Justiça proíbe conclusão da instalação das arquibancadas

5 de maio de 2017 - Hoje em Dia revela projeto do América para ampliar Horto em definitivo

26 de junho de 2017 - LuArenas informa que irá retirar as arquibancadas modulares