O futebol brasileiro reúne diversas rivalidades regionais, e uma dessas grandes partidas no cenário nacional coloca frente a frente Cruzeiro e Grêmio. As duas equipes – que, dentre tantos jogos emblemáticos, já decidiram título de Copa do Brasil e fizeram semifinais de Copa Libertadores – se enfrentam nesta segunda-feira (19), a partir das 20h, no Mineirão, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Semifinalistas da Copa do Brasil do ano passado, Raposa e Tricolor Gaúcho voltam a se enfrentar após sete meses daquela partida que levou a equipe do Rio Grande do Sul à final e, consequentemente, ao título em cima do Atlético. Feito que levou a equipe do Sul a ultrapassar o mineiro no ranking de títulos do mata-mata (cinco a quatro).

Apesar de não valer um título nem classificação imediata à próxima fase, o confronto desta segunda tem um importante valor para ambas as equipes. 

Se vencer, o Cruzeiro se recupera da derrota para o Corinthians e se mantém na parte de cima da tabela. Já o Grêmio, caso some os três pontos, assume a liderança do Campeonato Brasileiro, já que o Corinthians ficou apenas no empate em 0 a 0 com o Coritiba, no Paraná.

O zagueiro Kannemann, presente na campanha do título da Copa do Brasil no ano passado, sabe que o confronto entre os tradicionais rivais nesta segunda-feira terá um panorama totalmente diferente do realizado em 2016.

“Outro ano e outro campeonato”. Não há espaço para comparar a situação que culminou no título da Copa do Brasil no ano passado com a disputa dos pontos corridos em que o Grêmio é vice-líder em 2017”, analisou. 

Novamente, a partida entre Raposa e o Tricolor coloca frente a frente dois treinadores gaúchos, Mano Menezes e Renato Portaluppi, que fizeram história no próprio Grêmio. Um apenas como técnico, e outro, treinando e jogando, nos anos 80, e à frente da equipe nesta década. 

Depois de enfrentar uma de suas ex-equipes, o Corinthians, Mano Menezes volta a duelar com um ex-clube que comandou. 

“Talvez, o maior desafio seja não deixar o Grêmio transpor nossas linhas. O Luan flutua nas costas dos volantes, tem drible fácil. O time deles tem essa característica, trabalha a bola com calma”, analisou. 

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO X GRÊMIO

Motivo: Oitava rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Horário: 20h
Arbitragem: Rafael Claus (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

CRUZEIRO - Fábio; Ezequiel, Léo, Caicedo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Ariel Cabral, Robinho, Rafinha (Alisson) e Thiago Neves; Ramón Ábila (Rafael Sóbis). 
Técnico: Mano Menezes

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Maicon, Ramiro e Pedro Rocha; Luan. Técnico: Renato Gaúcho