Um bom começo de pré-temporada para o mineiro Sérgio Sette Câmara, único brasileiro inscrito no campeonato da Fórmula 2 (novo nome da GP2, que retoma uma antiga denominação para reforçar a categoria como último passo antes da Fórmula 1). No primeiro dia dos treinos coletivos de Barcelona, o piloto de Belo Horizonte ficou com a 14ª marca entre os 20 pilotos que foram à pista, mas à frente de vários outros estreantes cotados para se destacar na temporada que começa em abril, no Barein. Mais importante, conseguiu ser mais rápido do que seu companheiro de equipe Jordan King, veterano da competição com três vitórias no currículo e reserva da Manor em 2016.

Com o Dallara-Mecachrome da equipe holandesa MP Motorsport, ele completou ao longo do dia 36 voltas (o japonês Nobuharu Matsushita, mais rápido da segunda feita, deu 61), a melhor delas em 1min30s278. King ficou com 1min30s330 e o que se viu foi uma alternância muito grande de acordo com a temperatura do asfalto e os compostos de pneus usados. O trabalho de adaptação do mineiro ao novo carro prossegue até amanhã, com a preocupação de trabalhar aspectos que, para ele, são novidade, como os pitstops, a asa traseira móvel (DRS) e os diferentes tipos de pneus usados num mesmo fim de semana de corrida.