A Associação de Futebol Argentino (AFA) informou nesta segunda-feira (9) que o técnico Jorge Sampaoli continuará no comando da seleção bicampeã, respondendo especulações sobre a saída do treinador após eliminação precoce na Copa do Mundo da Rússia-2018

Além disso, Sampaoli será encarregado de comandar o time Sub-20 da Argentina, após reunião entre o presidente e o vice-presidente da AFA, Claudio Tapia e Daniel Angelici, respectivamente. Os dois teriam conversado sobre "o desempenho e rendimento da seleção na última Copa do Mundo".

Após a eliminação da Argentina nas oitavas de final, com derrota por 4 a 3 para a França, Sampaoli declarou que não pensava em deixar o cargo. O treinador tem contrato até a Copa do Mundo do Catar-2022 e cláusula de rescisão de 15 milhões de dólares.

Leia mais:
Alô, Dória! De Neymar a Messi, passando por Lamela, Copa é sinônimo de painel de craques
Para Maradona, Argentina sem Messi é "só mais um time"
O fracasso do projeto Sampaoli: entre dúvidas, polêmicas e pouco futebol