Em busca de reconquistar seu espaço na NBA, o brasileiro Scott Machado voltou a atuar pelo Denver Nuggets na noite de sábado (7), pela Summer League. E mais uma vez, o armador de 28 anos foi discreto, no triunfo por 82 a 69 em Las Vegas, na liga de verão antes do início da próxima temporada.

Machado começou na reserva e atuou por 15 minutos, terminando com dois pontos e dois rebotes. Ele se destacou nas assistências, uma vez que distribuiu cinco passes para cestas de companheiros. Vale lembrar que ele atuou pela seleção brasileira nas Eliminatórias das Américas para o Mundial de Basquete, no fim de junho e no início deste mês.

Os destaques do Nuggets foram o ala/armador Malik Beasley e o reserva DeVaughn Akoon Purcell, com 19 pontos cada. O cestinha, porém, saiu do lado do Celtics: o ala/armador Jabari Bird, autor de 24 pontos.

Nova casa de LeBron James na NBA, o Los Angeles Lakers também venceu no sábado, ao fazer 96 a 79 no Philadelphia 76ers graças aos 24 pontos de Josh Hart. Já o Cleveland Cavaliers, que perdeu o astro para o time californiano, foi derrotado por 86 a 81 pelo Chicago Bulls, que teve o armador Antonio Blakeney marcando 25 pontos.

Quem também se destacou no sábado foi o pivô Deandre Ayton. Primeira escolha do último Draft, o jogador de 19 anos marcou 21 pontos e pegou 12 rebotes na vitória do Phoenix Suns sobre o Sacramento Kings, por 71 a 63. Curiosamente, do outro lado estava a segunda escolha do Draft, o ala/pivô Marvin Bagley III, que terminou com 15 pontos e sete rebotes.

DEVIN BOOKER RENOVA - O Phoenix Suns também foi notícia na noite de sábado por causa da renovação contratual do ala/armador Devin Booker. Principal nome nesta péssima fase da franquia, o jogador de 21 anos assinou contrato por cinco temporadas e pelo máximo que poderia receber. Os US$ 158 milhões (cerca de R$ 610 milhões) por este período o tornarão o atleta mais bem pago da história da equipe.