Com a concorrência aberta na principal posição da Seleção Feminina de Vôlei, as levantadoras Naiane e Macris serão uma atração à parte para os torcedores mineiros no amistoso entre Brasil e Polônia, nesta terça-feira (27), em Belo Horizonte.

A partida está marcada para as 20h30, no ginásio Mineirinho, e faz parte da preparação da equipe para a disputa do Grand Prix, entre os dias 7 de julho e 6 de agosto (veja a galeria abaixo).

Apesar de já ter atuado por três temporadas na capital, defendendo o Camponesa/Minas, Naiane fará a estreia pessoal no palco da Pampulha.

Este será o retorno da jogadora de 22 anos à cidade após a transferência para o Hinode/Barueri. Na equipe do interior paulista, ela será comandada pelo técnico da própria Seleção, José Roberto Guimarães, na temporada 2017/18 da Superliga.

É bom para já ir sentindo o clima. Muitas pessoas já vieram me dar as boas-vindas nesta chegada à cidade. Muito legal sentir esse calor da torcida"

Macris

Macris, por sua vez, terá uma espécie de apresentação antecipada à torcida local antes de vestir o uniforme do Minas.

O clube foi buscar a atleta de 28 anos no Terracap/Brasília justamente para suprir a lacuna deixada pela colega, com quem já havia jogado no Pinheiros (SP), entre 2012 e 2014. Como a transferência aconteceu durante as férias, o novo reforço ainda não integrou o elenco minastenista.

"A Nai é talentosíssima, não tem nem o que falar. A admiro muito, e tenho certeza que ela terá um futuro brilhante na carreira. Para mim, é um prazer enorme voltar à Seleção e econtrar com ela aqui", afirma Macris.

Leia mais:
Seleção chega totalmente reformulada a Belo Horizonte para encarar Polônia no Mineirinho

Concorrência

Presente desde a primeira convocação de 2017, Naiane participou da conquista do Torneio de Montreux, na Suíça, há duas semanas.

Ela já havia sido chamada por Zé Roberto na última temporada para acompanhar a Seleção no Grand Prix e ganhar experiência. A jovem, no entanto, era apenas a quarta opção, por isso não entrou em quadra e ficou fora da lista final para a Olimpíada do Rio.

Com extensa trajetória nas Seleções de base, a paraense se destacou durante a passagem pelo clube mineiro, tendo conduzido a equipe a duas semifinais da Superliga e ao vice-campeonato da Copa Brasil, em janeiro deste ano.

Macris, por outro lado, havia sido convocada em 2015, mas para o “time B” que disputou os Jogos Pan-Americanos de Toronto (Canadá). Melhor levantadora da Superliga pela quarta vez seguida na última temporada, a paulista ficou de fora da viagem para a Suíça, mas acabou incluída na lista para a disputa do Grand Prix.

Neste início de ciclo olímpico, Naiane e Macris disputam o posto de levantadora com Roberta (Rexona-Sesc/Rio de Janeiro). A jogadora de 27 anos foi a titular em Montreux. 

Dani Lins, 32, e Fabíola, 34, ficaram ausentes das convocações depois de terem sido as escolhidas da posição para os Jogos Olímpicos Rio-2016.

Os ingressos para o amistoso entre Brasil e Polônia estão à venda por entre R$ 20 (meia) e R$ 50 (inteira), neste link.

 

Lista de convocadas
Levantadoras:
Roberta (27, Rexona-Sesc/Rio de Janeiro), Naiane (22, Hinode/Barueri) e Macris (28, Camponesa/Minas)
Opostas: Tandara (28, Nestlé/Osasco), Monique (30, Rexona-Sesc/Rio de Janeiro), Fernanda Tomé (28, São Cristóvão Saúde/São Caetano) e Edinara (21, Hinode/Barueri)
Ponteiras: Natália (28, Fenerbahce-TUR), Rosamaria (23, Camponesa/Minas), Drussyla (20, Rexona-Sesc/Rio de Janeiro) e Amanda (28, Dentil/Praia Clube)
Centrais: Carol (26, Nilufer-TUR), Adenízia (30, Scandicci-ITA), Bia (25, Nestlé/Osasco) e Mara (26, Camponesa/Minas)
​Líberos: Suelen (29, Dentil/Praia Clube) e Gabiru (23, Rexona-Sesc/Rio de Janeiro)