Fazer gol no América hoje à noite não será tarefa fácil para o Paraná, principalmente se depender do goleiro João Ricardo. Há 432 minutos sem ter as redes balançadas, o camisa 1 do Coelho encara o ex-clube no Sul do país e tenta manter o bom desempenho.

A última vez que João Ricardo sofreu gol foi na 7ª rodada. No empate por 1 a 1 com o Internacional, o time gaúcho abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo, e desde então ninguém mais vazou a meta alviverde. Já são quatro rodadas completas passando invicto.

Além disso, o América conta com a melhor defesa do campeonato, com sete gols em 11 jogos, empatado com o Juventude e o próprio Paraná.

O bom momento defensivo vem ao encontro do crescimento do time alviverde, que não perde há cinco rodadas, somando dois empates e três vitórias seguidas nos últimos jogos pela Segundona.

“Não é sempre que dá para ficar quatro partidas sem sofrer gol. Particularmente, fico bastante feliz com essa sequência, e mais ainda pela força defensiva que a equipe vem demonstrando” comenta João.

“Ficar tanto tempo sem levar gol, numa competição como a Série B, é uma marca significativa. Vamos seguir focados para manter essa sequência. Claro que o mais importante sempre é a vitória, mas se não sofrermos gol, melhor ainda”, acrescenta.

Com um desempenho positivo fora de casa no Brasileirão, acumulando duas vitórias, dois empates e apenas uma derrota, o América tenta superar o ex-clube de seu camisa1.

“A gente sabe que é difícil jogar lá na Vila Capanema, a equipe deles é boa e, dentro de casa, costuma complicar as coisas. Além disso, é um adversário direto pelo G-4”, finaliza o arqueiro americano.