O Masters 1000 de Xangai não terá uma final brasileira nas duplas. Marcelo Melo se garantiu na decisão, mas Bruno Soares acabou sendo eliminado neste sábado (14) na competição chinesa. Melo e o polonês Lukasz Kubot vão enfrentar na briga pelo título os principais favoritos, finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers.

Para chegar à final, Melo e Kubot derrotaram o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau, de virada, pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 10/7. Com o triunfo, o brasileiro briga pelo tricampeonato em Xangai, uma vez que já venceu no piso duro chinês em 2013 e 2015, ao lado de outros parceiros.

"Foi importante mais uma vez ganhar de virada e isso dá confiança, sabendo que precisamos ficar firmes até o último ponto, que sempre temos condição de ganhar. Será um jogo duríssimo na final, todos sabem como eles jogam bem. Nós também estamos bem. Com certeza vai ser mais uma partida decidida nos detalhes", projetou Melo.

Será o quarto confronto entre Melo/Kubot e Kontinen/Peers neste ano. Os rivais já venceram duas vezes, mas a dupla do brasileiro venceu o duelo mais importante na semifinal de Wimbledon, abrindo caminho para o título. São as duas melhores duplas da temporada. Melo e Kubot lideram o ranking da temporada, enquanto Kontinen e Peers aparecem em segundo lugar.

Para chegarem à final, o finlandês e o australiano derrotaram Bruno Soares e o escocês Jamie Murray por 7/6 (7/3), 3/6 e 10/4.