Durou apenas 64 segundos a apresentação de Victor Jones Freitas, neste sábado (12), no Madison Square Garden, em Nova York. O sobrinho-neto de Popó foi nocauteado no primeiro assalto pelo norte-americano Teófimo Lopez. A luta foi válida pela categoria dos leves.

Foi a segunda derrota em 16 lutas de Victor, que tem 24 anos. Lopez, de 20 anos, venceu pela nona vez consecutiva, a sétima por nocaute. Ele é apontado como uma das futuras estrelas do boxe internacional.

Acelino Popó Freitas, por sua vez, não aceitou a derrota do sobrinho-neto. O tetracampeão mundial alega que o golpe aplicado por Teófimo Lopez, no primeiro assalto, atingiu a nuca do brasileiro.

A equipe de Victor Jones Freitas pediu revisão do resultado para a Comissão Atlética de Nova York, onde o jovem brasileiro viveu o último capítulo de uma carreira no boxe que ele iniciou em 2012, quando logo em sua primeira luta foi flagrado no exame antidoping por uso de testosterona sintética.

Assim, precisou cumprir suspensão e só voltou aos ringues 15 meses depois. Somou 13 vitórias consecutivas, até perder por nocaute para Manuel Mendez, em novembro de 2016. Em novembro passado, lutou pela última vez, quando bateu o compatriota Marcelo Lima da Costa, em Belém.

A luta deste sábado fez parte do card da noite que terá como duelo principal o combate entre o ucraniano Vasyl Lomachenko e o venezuelano Jorge Linares. O pugilista europeu, bicampeão olímpico e dono de técnica espetacular, é apontado como um dos melhores da atualidade.