A Federação Internacional de Basquete (Fiba) anunciou nesta quinta-feira (10) como será a composição dos potes do sorteio dos grupos das disputas masculina e feminina dos Jogos Olímpicos do Rio. O Brasil, dono da casa, não terá nenhum privilégio no sorteio que será realizado na sexta (11), na Suíça. Por enquanto, sabe apenas que não pode enfrentar a Austrália entre os homens e o Canadá entre as mulheres.

Espanha e Estados Unidos, que são as duas potências do basquete masculino da atualidade, estão no mesmo pote 1. Isso significa que eles não vão se enfrentar na primeira fase, quando os 12 times estarão divididos em dois grupos.

Outros três potes foram formados por critérios geográficos. Um conta com Argentina e Venezuela, que se classificaram a partir da Copa América. Outro tem China e Nigéria, representantes da Ásia e da África, respectivamente. Já o pote 4 contra com Brasil e Austrália.

A Lituânia, vice-campeã europeia, está no pote 5, junto com outros um dos times que virão dos três Pré-Olímpicos Mundiais que serão realizados concomitantemente de 4 a 10 de julho. Os outros dois dos classificados ficam no pote 6. Sérvia, Angola, Porto Rico, Japão, República Checa e Letônia jogam em Belgrado; Turquia, Senegal, Canadá, França, Nova Zelândia e Filipinas competem em Manila; enquanto Grécia, México, Itália, Tunísia, Croácia e Irã estarão em Turim.

Deste modo, um "grupo da morte" poderia ter, por exemplo, Estados Unidos, Brasil, Nigéria, Argentina, França e Lituânia. Da mesma forma, os brasileiros podem cair numa chave com Venezuela e China, o que facilitaria o caminho para a classificação às quartas de final, quando os adversários dos dois grupos se cruzam.

No feminino o regulamento é o mesmo. O Brasil está no pote 2, junto com o Canadá. Os cabeças de chave serão Estados Unidos e Austrália, no ponto 1. Senegal e Japão estão no pote 3, enquanto a Sérvia aparece sozinha no pote 4. Um Pré-Olímpico único, na França, vai definir os outros cinco times que estarão no Rio. Jogam em Nantes: Cuba, Nova Zelândia, França, Camarões, Turquia, Argentina, Bielo-Rússia, Coreia do Sul e Nigéria.