O técnico Vanderlei Luxemburgo está em alta com a diretoria do Sport. Nesta sexta-feira, menos de uma semana após o treinador criticar publicamente os seus jogadores depois da derrota por 5 a 0 para o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, a diretoria do clube pernambucano anunciou a renovação do contrato do treinador até dezembro de 2018.

Além de ampliar o contrato de Luxemburgo, que se encerraria ao término da atual temporada, a diretoria do Sport também confirmou a renovação do vínculo até o fim do próximo ano com outros membros da comissão técnica: o assistente-técnico Junior Lopes, o coordenador de preparação física Antônio Mello e o preparador físico Diogo Linhares.

O vice-presidente executivo e de futebol do Sport, Gustavo Dubeux, destacou que a decisão de renovar o contrato de Luxemburgo ainda durante a disputa do Brasileirão confirma a confiança da diretoria no treinador e na sua comissão e ajudará o clube a adiantar o planejamento para a próxima temporada.

"Nós iniciamos o nosso planejamento para 2018 e a primeira providência que deveríamos tomar era renovar o contrato com esses profissionais. Demonstramos assim confiança no trabalho de cada um deles", afirmou Dubeux. "Com isso, ganhamos tempo para nos preparar melhor e diminuímos as chances de erros no futuro", completou.

O Sport anunciou a contratação de Luxemburgo no fim de maio. Desde então, ele dirigiu o time no jogo da conquista do título pernambucano, o conduziu à classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana e chegou a colocá-lo entre os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. O time, porém, não vence há cinco rodadas, com três derrotas e dois empates.

Por isso, o Sport caiu para o 11º lugar, com 29 pontos. O primeiro jogo do time após a bronca pública de Luxemburgo e a renovação do seu contrato será no próximo domingo, na Ilha do Retiro, diante do Avaí, pela 23ª rodada do Brasileirão.