O desejo do zagueiro Dedé foi atendido nesta segunda-feira (14). Apesar de ter ficado de fora dos 23 nomes convocados por Tite para a Copa da Rússia, o camisa 26 do Cruzeiro foi escolhido pelo treinador gaúcho para integrar os outros 12 atletas que fecham a lista dos 35 enviados à Fifa.

Quebrando o protocolo, durante a entrevista coletiva, Tite pediu permissão à comissão técnica e revelou que, por merecimento, Dedé fora escolhido para compor o grupo. Sem nenhuma convocação com o treinador, o zagueiro do time mineiro está entre os poucos que não precisaram ser testados para constar entre os escolhidos. A superação nas graves lesões no joelho e a volta por cima comoveram o chefe da Amarelinha.

"Dedé! Tu merece, porque todo trabalho que você fez, superou, e voltou em alto nível", disse o técnico.

Leia mais:
'Sonho em voltar à Seleção Brasileira para inspirar as pessoas', afirma zagueiro Dedé

Em entrevista ao Hoje em Dia, concedida há exato um mês, Dedé revelou que o grande sonho da carreira era retornar à Seleção, para ser exemplo às pessoas. Recuperado de graves lesões no joelho, ele vive grande momento com a camisa do Cruzeiro.

"Se eu voltar para a Seleção, vou surpreender muita gente, pelo lado positivo. Não quero jogar na cara de ninguém, nunca vou fazer isso. Até porque entendo as dúvidas. Mas acho que seria muito legal. Muita gente vai acreditar mais no seu potencial, vou ser uma inspiração para muitas pessoas. Esse é o meu objetivo na Terra, tentar ajudar como puder. Recebo muitas mensagens de pessoas falando que se espelham na minha garra, na minha fé, e isso já me faz ganhar o dia", comentou o "Mito". 

Durante a entrevista coletiva na Toca da Raposa, realizada após a convocação, Dedé se emocionou bastante e chegou às lágrimas com o momento vivido.

Assista: