Apesar de o América ter permitido o empate do Cruzeiro e perdido a vantagem para o segundo jogo da semifinal do Campeonato Mineiro, o técnico Enderson Moreira ficou muito feliz e satisfeito com a produção da equipe.

"Nossa postura foi excelente, buscando o gol a todo instante. O São Paulo praticamente não criou nenhuma situação no jogo contra o Cruzeiro (quinta-feira, pela Copa do Brasil). Nós criamos espaços, fizemos triangulações e não ficamos só marcando", analisou.

Enderson não deixou de enaltecer o grande adversário que enfrentou, "um time que não conseguiu ser batido" nessa temporada. "Claro que fiquei na expectativa de ter ganho, mas o resultado mostrou que é possível sim (vencer o Cruzeiro no domingo)".

Para o próximo confronto, o treinador americano não terá Enderson, que ganhou o terceiro cartão amarelo. Ele lamentou a perda de um jogador que está num bom momento e adiantou que seu substituto deverá ser Pará.

Leia também:
América e Cruzeiro empatam no primeiro duelo da semifinal do Mineiro
'Não poderia exigir mais uma vírgula dos jogadores', observa Mano
Maratona de jogos pesou no clássico, segundo Sóbis