Engrenar é a palavra-chave que Roger Machado precisa escrever nas metas do Atlético. Partidas boas seguidas por derrotas frustrantes, principalmente no antes temido Independência. Diante do Santos, nesta quarta-feira (12), no Brasileirão, o Galo perdeu por 1 a 0 para irritação do torcedor. Na análise da partida, Roger disse que não tinha como falar de um mal jogo do seu time. Mas que é preciso achar outras alternativas para a equipe conseguir superar os rivais.

"A derrota tem que doer. Não foi a produção, foi a falta de definição das jogadas, uma penalidade para cada lado desperdiçada. Uma a nosso favor no final do primeiro tempo que poderia ter nos dado a vantagem. As mudanças para que tivéssemos mais jogo e qualidade ofensiva, o Rafael (Moura), Valdívia e Robinho contribuíram de alguma forma. Mas quando você avança mais, dá o contra-ataque pro adversário. Frustração é grande. Temos que rever, reavaliar, reunir forças e seguir", disse o treinador.

Roger viu o Atlético pressionar, dar bastante trabalho para o goleiro Vanderlei, mas sofrer nos contra-ataques do time de Levir Culpi. Mais uma vez o Galo deixou pontos para trás no Brasileirão, e na condição de mandante. 

Depois de vencer o Cruzeiro com imposição no domingo retrasado (e chegar a três vitórias seguidas), a equipe alvinegra fez partida fraca diante do Jorge Wilstermann e perdeu a chance de vencer o Botafogo em casa antes do novo revés no Horto.

Uma oscilação que o treinador admite ser bastante prejudicial até mesmo na questão da confiança do trabalho desempenhado no clube. 

"Quando vamos engrenar sequência boa, temos um revés que joga novamente desconfiança para dentro do trabalho. Este equilíbrio é que estamos buscando há bastante tempo. Eu tenho tentado alternativa, formas diferentes, jogadores diferentes em funções diferentes para que a gente consiga achar o equilíbrio e a sequência de resultados positivos para dar tranquilidade ao torcedor que iremos brigar pelo topo". 

"Agora, é seguir buscando alternativas, consegui algumas defensivas, agora é seguir buscando. Se não der certo dessa forma, achar outras alternativas, características de outros jogadores para voltar a vencer, dentro de casa principalmente", completou.