O drama do zagueiro Dedé ganha novo capítulo neste sábado. Lesionado, o defensor terá de ser submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo. Ele será operado na manhã do último dia de setembro, com procedimento de artroscopia no local da lesão. 

O jogador, que chegou a ficar mais de um ano sem entrar em campo, estava fazendo tratamento convencional no joelho esquerdo. Mas o Departamento Médico do Cruzeiro não observou evolução no caso e optou pela cirurgia que deve aumentar em meses a previsão de retorno do zagueiro de 29 anos.

Dedé realizou sua última partida em 28 de maio, contra o Santos na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, ele acabou saindo de campo reclamando de dores e foi constatado um edema ósseo na região. O procedimento cirúrgico também irá tratar de cartilagem no joelho.

"O procedimento será realizado na região em que o atleta apresenta um edema ósseo, associado a uma lesão na cartilagem. A opção pela cirurgia, que será feita pelo médico Dr. Sérgio Freire Júnior, foi tomada com base no fato de o tratamento convencional não estar apresentando a evolução esperada, e tem como objetivo acelerar de forma mais efetiva o processo de recuperação do jogador", informou o Cruzeiro, em nota oficial.