Vencer o Atlético no jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro e se classificar à final é um sonho da URT, bicampeã do interior em Minas Gerais. Apesar da missão ser complicada, o “coração em Patos de Minas” pulsa com essa possibilidade. 

Depois do empate em 1 a 1 no jogo de ida, Pato e Galo voltam a se enfrentar no domingo, no Independência, às 16h. E o técnico Rodrigo Santana tem problemas para escalar o time. 

Ele não poderá escalar o lateral-esquerdo Fábio Alves, que recebeu o terceiro cartão amarelo. O provável substituto é Leonardo.

Outra dúvida está no ataque. Edmar reclamou de dores musculares na coxa e pode desfalcar a URT. Caso ele não se recupere, Santana deve optar por Thiago Brito em uma das vagas ofensivas. 

Na outra semifinal, o América, que enfrenta o Cruzeiro, no domingo, às 18h, no Mineirão, também precisa vencer caso queira ir à final. As duas equipes empataram em 1 a 1 na semana passada, no Horto.

O técnico Enderson Moreira tenta montar uma escalação para surpreender o Cruzeiro, cansado pela rotina intensa de decisões nesse mês de abril. Na última quarta-feira eliminou o São Paulo, em um jogo duro, na Copa do Brasil.

Para o capitão Rafael Lima, o Coelho tem totais condições de vencer a Raposa e seguir na luta pelo bicampeonato. “Mostramos para nós mesmos que temos condições jogar de igual para igual com o Cruzeiro. Sabemos que eles têm muita qualidade, e não podemos desperdiçar as chances que tivermos na partida”, ressaltou.