Líder do primeiro treino livre do GP do Japão de Fórmula 1, realizado nesta sexta-feira (6), em Suzuka, Sebastian Vettel exibiu confiança ao projetar a sessão de classificação deste sábado, marcada para começar às 3h (horário de Brasília), e a corrida de domingo, com largada às 2h.

Embora não tenha sequer registrado voltas rápidas do segundo treino livre, que foi altamente atrapalhado pela chuva que atrasou o seu início em 45 minutos e deixou as condições da pista perigosas para os pilotos, o alemão da Ferrari ressaltou que ele e a sua equipe puderam comemorar o que qualificou como "uma manhã decente".

"Nós tentamos muitas coisas e foi bom sentir a potência do carro. Nós adoraríamos correr um pouco mais, mas não tínhamos como andar mais porque não podíamos 'queimar' nossos pneus que temos de preservar para a pista molhada", afirmou o tetracampeão mundial, se referindo ao fato de que a previsão do tempo indica que o treino de classificação, assim como provavelmente a corrida, deverão ser afetados novamente pela chuva.

Nem mesmo o grande número de problemas enfrentados nas duas últimas corridas pela Ferrari abalam a confiança de Vettel, que se envolveu em um acidente com o seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Raikkonen, e o holandês Max Verstappen, da Red Bull, na largada do GP de Cingapura. Depois, na prova seguinte, precisou sair da última posição do grid na Malásia, onde foi prejudicado com problemas do turbo de seu carro no treino de classificação. Porém, fez uma grande corrida de recuperação para terminar em quarto lugar no último domingo.

"Nós temos todas as razões para estarmos confiantes e tenho certeza de que no domingo estaremos prontos para mostrar o que nós podemos fazer. Se o treino de classificação for no molhado, então nós devemos melhorar. O último treino de qualificação para o grid em condições molhadas aconteceu em Monza (palco do GP da Itália) e não tivemos um bom resultado. Na Malásia foi um pouco melhor, mas nós esperamos ter aprendido nossa lição. Cabe a nós fazermos as coisas certas. Independentemente de como estará o tempo, espero que possamos mostrar o nosso potencial", ressaltou.

RAIKKONEN - Se Vettel exibiu satisfação, Raikkonen evitou ficar lamentando o fato de que também não registrou volta rápida no segundo treino livre do dia, após ter encerrado a primeira sessão na quarta colocação. "No geral o dia não foi ruim. Nós já meio que esperávamos uma tarde de pista molhada. Demos algumas voltas a mais no primeiro treino livre e está OK. Tudo parecia muito bem, então já temos uma boa ideia de como andam as coisas no seco", afirmou o finlandês.