Sebastian Vettel é um dos pilotos do grid da Fórmula 1 que já sentiu o gosto de vencer o GP de Mônaco, em 2011, quando estava na Red Bull. O alemão vive a expectativa de repetir esse feito neste fim de semana, quando será realizada a sexta etapa da temporada 2017 e sabe que um novo triunfo nas ruas de Montecarlo será ainda mais especial do que o anterior, pois se daria pela Ferrari, equipe que não vence a prova desde 2001.

"Mônaco é sempre especial. Se você pudesse ter a liberdade de escolher qualquer corrida no calendário que você gostaria de ganhar, seria sem dúvida Mônaco. Você pode perguntar para todo o paddock e você obteria a mesma resposta. Eu diria que é hora de a Ferrari ganhar novamente aqui, como acho que a última vitória da Ferrari aqui foi há algum tempo, se eu não estou enganado foi em 2001. Então, sim, estamos prontos", disse.

Vettel começou bem a busca por esse objetivo ao ser o mais rápido da quinta-feira, tendo liderado o segundo treino livre do GP de Mônaco, após ser batido na sessão inicial por Lewis Hamilton. Na sessão vespertina (no horário local), a Mercedes não repetiu o mesmo rendimento, tanto que o britânico foi apenas o oitavo colocado. O alemão, porém, minimizou os problemas dos rivais e colocou mais uma equipe - a Red Bull - como adversária direta na luta pela pole position no treino de classificação de sábado e também pela vitória no domingo.

"Tenho a certeza de que, independentemente das questões que (a Mercedes) teve durante a tarde, não devemos apostar neste fato novamente no sábado. Eles estavam fortes de manhã e estou certo de que não terão problemas na classificação. Minha suposição é que a Red Bull também vai melhorar para a qualificação. É importante começar da frente do grid, aqui mais do que em qualquer outro lugar. Então, vamos fazer a nossa lição de casa para estar em boa forma para a corrida de domingo", avaliou Vettel, destacando a importância do treino de classificação para conquistar um bom resultado em Mônaco.

Os pilotos voltam a acelerar no circuito de rua de Montecarlo no sábado, quando será realizado o treino de classificação a partir das 9 horas (de Brasília). O horário é o mesmo da largada do GP de Mônaco no domingo, quando Vettel tentará manter a liderança do Mundial de Pilotos - ele soma 104 pontos, com seis a mais do que Hamilton.