A Fifa divulgou uma nota oficial nesta quarta-feira, (23) para confirmar que o ator Will Smith participará, com um papel de destaque, da cerimônia de encerramento da Copa do Mundo da Rússia, no dia 15 de julho, no estádio Luzhniki, em Moscou, pouco antes das duas seleções finalistas entrarem em campo na busca pelo título da competição.

Ao falar sobre o assunto, a entidade máxima do futebol informou que o consagrado artista de 49 anos dividirá o palco do evento com o astro latino Nicky Jam e a estrela albanesa Era Istrefi cantando a música "Live It Up", a canção oficial deste Mundial, produzida pelo DJ e compositor Diplo.

"Antes da final em 15 de julho, as estrelas da música vão aquecer os 80 mil espectadores no estádio Luzhniki, em Moscou, e cerca de um bilhão de pessoas que estarão as assistindo pela TV apenas poucos minutos antes de os dois finalistas entrarem em campo", ressaltou a Fifa, para em seguida dizer que esta música oficial da Copa será lançada em múltiplas plataformas de streaming nesta sexta-feira, (25) e o videoclipe oficial da canção estará disponível aos fãs em 7 de junho.

Famoso principalmente pelos seus inúmeros papéis como ator, entre os quais o que interpretou o lendário boxeador Muhammad Ali no filme "Ali", de 2001, Will Smith também é rapper, compositor e produtor musical, sendo que já faturou por quatro vezes o prêmio Grammy, considerado o "Oscar da música".

"É uma honra ser convidado para se apresentar na Copa do Mundo de 2018. Este evento global traz pessoas de todo o mundo para torcer e sorrir em uma mágica experiência. Colaborar com Nicky, Diplo e Era nesta trilha representa harmonia, sabores ecléticos e gêneros que se juntam. No final das contas, nós só queremos ver o mundo dançar", ressaltou Will Smith, por meio de declarações reproduzidas pela Fifa.

A tradição de criar uma música oficial para a Copa do Mundo começou na edição de 1966 do grande evento, realizado na Inglaterra, quando uma canção foi composta para a primeira mascote oficial de um Mundial, então chamada de "World Cup Willie".

"A Sony Music têm tido uma relação de longa data com a Fifa. Ao discutir a música oficial para a Copa do Mundo de 2018, o objetivo que ambas as organizações concordaram foi o de fazer uma ótima música apoiada por uma formação de estrelas", afirmou Afo Verde, presidente e CEO da Sony Music Latin Iberia. "Estamos muito animados que Will Smith, Nicky Jam, Diplo e Era Istrefi façam parte da música e trabalhem lado a lado com a Fifa e nossa comunidade de artistas no fornecimento da trilha sonora do maior evento do mundo", acrescentou o executivo da empresa que tem parceria com a entidade que controla o futebol mundial.