O técnico José Roberto Guimarães admitiu neste sábado (14) que o excesso de erros da seleção brasileira feminina de vôlei foram fundamentais para a derrota para a Tailândia por 3 sets a 0, em Sendai, no Japão, pelo Grand Prix. Para o treinador, as seguidas falhas fizeram a equipe "perder a lucidez" em quadra.

"Parabéns a Tailândia que fez uma excelente partida. Nós cometemos muitos erros e perdemos a lucidez no jogo em função das combinações de ataque da Tailândia", declarou o treinador, insatisfeito, principalmente, com as limitações do saque brasileiro.

"Nosso saque não foi efetivo e só conseguimos quebrar o passe delas em alguns momentos. A levantadora delas (Tomkom Nootsara) é excepcional e jogando com a bola na mão imprimiu muita velocidade. Faltou atitude e lucidez para nosso time", reiterou Zé Roberto.

A derrota deste sábado contrastou com a grande atuação da seleção na vitória sobre a Sérvia, que havia vencido o Brasil na semana anterior do Grand Prix.

Com o resultado deste sábado, a seleção figura na quarta colocação geral, com oito pontos. As sérvias lideram, com 12. Os Estados Unidos vêm em segundo lugar, com a mesma pontuação, mas desvantagem nos critérios de desempate. E a Holanda, com 10, é a terceira colocada.

Ao todo 12 seleções disputam esta fase do Grand Prix. Avançam à fase final as cinco melhores. Serão seis finalistas no total porque a China, anfitriã da fase final, já está garantida na disputa. Até lá, os países se enfrentam em três grupos de quatro times cada em cada semana desta fase de classificação.