Cerca de 150 toneladas de resíduos, incluindo galhos de árvores, terra, entulho e partes do asfalto arrancadas com a força da enxurrada, foram recolhidas entre domingo (19) e esta segunda-feira (20), por causa do temporal que atingiu Belo Horizonte no fim de semana. 

Uma força-tarefa, reunindo equipes da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU), da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), foi montada para atuar no atendimento aos atingidos e na recuperação dos estragos causados pela forte chuva.

Desde as primeiras horas desta segunda, as equipes trabalham na retirada de resíduos na Avenida Tereza Cristina. O trabalho teve início na esquina da Rua Magi Salomon, no bairro Salgado Filho, e seguiu nas duas direções da via, nos sentidos Centro e Barreiro. Outro grupo trabalhou também nas regiões próximas aos córregos Cercadinho e Bonsucesso, que deságuam no Rio Arrudas.

Estão envolvidos na operação 60 garis e 12 funcionários da Secretaria de Administração Regional Oeste, além de duas máquinas pás-carregadeiras, nove caminhões basculantes e dois caminhões-tatu, aqueles utilizados na desobstrução de bocas de lobo e na lavação de vias. 

A remoção dos resíduos continua nesta terça-feira (21).

Trânsito 

 A Secretaria de Obras, por meio da Sudecap, também iniciou nesse domingo (19) a desobstrução da Avenida Tereza Cristina e os serviços de recuperação do pavimento asfáltico e dos passeios, além da limpeza e da desobstrução das bocas de lobo. A previsão é que os serviços sejam concluídos em 15 dias.

* Fonte: PBH

Leia mais:
Limpeza e retirada de placas de asfalto mobilizam 60 homens na Teresa Cristina
SLU retira 50 toneladas de lixo da Teresa Cristina e usa 10 mil litros de água para lavar a via
Chuva derruba muro de escola no Salgado Filho; há risco de novos desabamentos, diz Defesa Civil