As férias escolares são uma excelente oportunidade para uma maior aproximação familiar. É quando muitos pais estão com maior disponibilidade de tempo para sair da rotina e curtir a companhia dos filhos. É hora de deixar os brinquedos eletrônicos de lado e investir em atividades que podem ser compartilhadas por adultos e crianças – seja em casa ou em um ambiente ao ar livre.

Além das tradicionais brincadeiras de pique-esconde, pega-pega, amarelinha e pular corda, há outras opções interessantes para o desenvolvimento dos pequenos. Confira 7 dicas de atividades divertidas que podem ser feitas por pais e filhos durante as férias:

1) Explore a sua cidade: Para quem não pode viajar, a dica é explorar a cidade. Visite parques que você nunca levou as crianças, praças e outros lugares ao ar livre. Aproveite para fazer um piquenique, jogar bola, empinar pipas, levar a bicicleta. Lembre-se de interagir com a criança e ajudá-la a fazer novas descobertas, como animais, árvores, subir em brinquedos, fazer trilhas, etc.

 

2) Um pouco de cultura: Muitas cidades possuem museus, planetários e outros espaços que podem ser desconhecidos para a criança. Escolha de acordo com a idade e aproveite.

 

3) Se sujar faz bem: O calor é ótimo para inventar brincadeiras sensoriais. Lama, tinta e tudo que possa incentivar o tato são ótimas atividades para trabalhar o processamento sensorial. Vale até gelatina na banheira. Sujar faz bem para a criança, ela precisa ter esse contato com terra, água, tintas e outras texturas. Comer fruta com a mão e se lambuzar também é uma ótima ideia.

 

4) Pequenos chefs: Organize uma receita fácil e peça ajuda da criança. Fazer um bolo, uma vitamina, etc. Lembre-se de não envolver a criança com facas ou fogo, mas o restante da receita como bater, quebrar os ovos, colocar a farinha, etc. são atividades importantes para desenvolver a autonomia.

 

5) Quebra-cabeça: De acordo com a idade, escolha um quebra-cabeça. Ajude a criança a montar e vá contando histórias sobre a figura. A atividade é ótima para fazer em família.

 

6) Massinha: Outra atividade que trabalha o processamento sensorial. Pode ser feita em casa com água e farinha de trigo. Use corantes para diversificar as cores. Incentive a criança a fazer diferentes formas.

 

7) Acampadentro: Uma atividade ótima é o acampamento. Você pode bolar um no quintal de um parente caso more em um apartamento. Vale contar histórias, ler livros, ouvir música, etc. Chame os amigos ou primos para se tornar ainda mais divertido.

Fonte: Neuropediatra dra. Karina Weinmann