Nos primeiros quatro meses de 2018, foram pagas 116.085 indenizações referentes ao seguro DPVAT, sendo que 75% dos pagamentos foram relacionados a acidentes com motos. De acordo com o Boletim Estatístico da Seguradora Líder, empresa privada responsável pela administração do seguro obrigatório no país, mais de 12 mil indenizações por morte foram pagas no período.

O Seguro DPVAT possui três modalidades de indenização: Morte, Invalidez Permanente e Reembolso de Despesas Assistenciais e Médicas (DAMS). O volume de indenizações por Invalidez Permanente é o mais representativo, com 82.771 pagamentos, 13% menos do que o mesmo período de 2017.

O boletim mostra ainda que a faixa etária de 18 a 34 anos é a que concentra o maior volume de vítimas (cerca de 55,4 mil), indicando que os acidentes de trânsito afetam principalmente pessoas jovens em idade economicamente ativa.

No período, a Região Nordeste apresentou o maior volume de indenizações pagas (31%), mesmo tendo a terceira maior frota de veículos das cinco regiões. A Região Sudeste recebeu 29% dos pagamentos e Região Sul, 19%.

O boletim pode ser lido integralmente aqui

dpvat

Mais de 87 mil indenizações foram pagas para acidentados com motos