Um adolescente de 17 anos atirou contra o rosto de um colega, na manhã desta quinta (1º), dentro do pátio da Escola Estadual Iago Pimentel, em São João del Rei, no Campo das Vertentes. A vítima, de 16 anos, foi levada para a Santa Casa da cidade e não corre risco de morrer. O autor foi procurado pela Polícia Militar nas horas seguintes ao crime, mas o suspeito se entregou na delegacia da cidade no início da tarde.

O desentendimento entre os dois adolescentes já era antigo e teria motivado a suspensão do autor na manhã desta quinta. Transtornado após saber que foi impedido de frequentar a escola por causa da briga, o rapaz foi até sua casa para pegar uma arma, pulou o muro da escola - localizada no bairro Tijuco - e atirou duas vezes contra o outro garoto, acertando-o no rosto. Ainda não há informações de quem seria o dono da arma usada no crime. 

Por e-mail, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) informou que está tomando as providências necessárias diante do incidente ocorrido. Segundo a pasta, a direção da escola acionou, imediatamente, a Polícia Militar e o Samu, assim como os responsáveis pelos dois estudantes. 

"A Superintendência Regional de Ensino (SRE) de São João Del Rei está acompanhando de perto o caso e oferecendo todo o suporte necessário à escola, vítima e famílias dos envolvidos. A diretora da SRE e o diretor da escola estão junto à família do estudante ferido no hospital e, de acordo com as últimas informações repassadas, a situação do adolescente é estável. Uma equipe da Superintendência também está na unidade de ensino, onde as aulas foram suspensas nesta quinta-feira", diz a secretaria, acrescentando que o caso também está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar.