A mistura de catuaba e açaí continua fazendo a cabeça dos foliões de Belo Horizonte. A bebida foi a escolhida do bloco Juventude Bronzeada para manter aquecidos os integrantes da bateria e da banda. Um carrinho foi contratado exclusivamente para o cortejo. “Não é uma bebida qualquer, amor, é catuçaí”, brincou o vendedor ambulante que abastecia o grupo. 

“Com catuçaí dá pra tocar até amanhã. É refrescante e pura energia”, brincou uma das instrumentistas do bloco entre um gole e outro da bebida. Os vocalistas também se jogaram. “Compete com a cervejinha pau a pau. Nesse calor, só açaí alcoólico para aguentar o sol”, disse um dos cantores da banda. 

Entre os foliões

A bebida também faz sucesso na multidão. Por todos os lados, era possível ver os copos e garrafas da bebida pronta. Júlia Santiago, 24 anos, prefere comprar a bebida preparada artesanalmente. “Tem mais açaí e é mais densa! Refresca bem mais”, diz a estudante. Já o auxiliar administrativo Junio Silva, 26 anos, a bebida pronta é a melhor escolha por causa do preço. “Sai mais em conta! E ainda dá pra trazer de casa, mais gelado”, explica. 

Um copo de 300 ml no meio da farra pode custar até R$ 7. Já a garrafa chega a R$ 25.

catuçai

Cortejo que animou foliões na Floresta foi regado à queridinha do Carnaval de Belô

Origem no Carnaval 

O apelidado drink do amor surgiu na folia do ano passado e já faz o maior sucesso. Mesmo fora da temporada oficial, a bebida continua sendo comercializada. Em 2018, voltou com tudo na multidão que foi atrás dos trios em BH.