Um bebê de 11 meses morreu carbonizado em casa, na cidade de Jacinto, no Norte de Minas. Segundo informações da Polícia Militar, a criança foi deixada na sua residência sozinha pela mãe, no bairro Nossa Senhora Aparecida, que teria saído para participar de uma festa em um evento político no município. Conforme os militares, vizinhos relataram que ela tinha costume de sair, deixar a criança em casa e voltar alcoolizada. O acidente aconteceu na noite de terça-feira (20), por volta das 22h.

Um adolescente de 14 anos também teria sido deixado em casa pela mãe junto ao bebê. Ele, porém, não estava no local na hora em que a residência começou a pegar fogo. Os vizinhos teriam acionado a polícia, que fez o primeiro atendimento. Devido a gravidade das chamas, os próprios militares começaram a combater o fogo. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas. 

Ainda de acordo com informações da Polícia Militar, após o incêndio, os policiais foram ao encontro da mãe e, quando a encontraram, a levaram para prestar depoimento na delegacia de Almenara, a cerca de 50 km de Jacinto.

A mãe do bebe pode responder pelo crime de abandono de incapaz. Caso seja condenada a pena pode variar de quatro a 12 anos de prisão.