Neste domingo (10), Belo Horizonte receberá a 17ª Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais). A concentração será a partir das 11h, na praça da Estação, no Centro da capital. Organizado pelo Centro de Luta pela Livre Orientação Sexual de Minas Gerais (Cellos-MG), o evento traz o tema “Vote contra a violência. Eleja quem te representa”.
 
O Cellos informou que a 17ª Parada fechará a I Jornada BH Sem Homofobia, que começou no dia 10 de julho. Durante um mês foram feitas atividades relacionadas à comunidade LGBT, como palestras, seminários, mostras e festas. Nesta semana, além da 17ª Parada do Orgulho LGBT, outros eventos fecham a jornada (veja a programação abaixo). 
 
Segundo o Cellos, a proximidade das eleições é o momento ideal para trazer um debater sobre o voto consciente. “Todo mundo é obrigado a votar, mas o governo não tem obrigação com a gente. A gente quer exclusividade para o ser humano, queremos que a justiça seja feita e que os crimes contra a comunidade LGBT sejam investigados”, disse a presidente do Cellos, Aniky Lima. Para Aniky, é preciso chamar a atenção para os candidatos que apoiem a comunidade LGBT,  estejam a serviço dos Direitos Humanos e contra a homofobia.
 
A 17ª Parada do Orgulho LGBT será também acessível em Libras (Língua Brasileira de Sinais) e vai trazer informações sobre a prática de sexo seguro e incentivo para a realização do teste anti-HIV nas unidades de saúde. Preservativos, géis lubrificantes e informativos de saúde integral da população LGBT também serão distribuídos.
 
Violência
O evento terá também o objetivo de denunciar a violência contro a comunidade LGBT. De acordo com um levantamento do Grupo Gay da Bahia, em 2013, houve pelo menos 312 assassinatos de LGBT no Brasil. Somente em Belo Horizonte, 13 travestis e transexuais mortas no ano passado.
 
O Cellos informou ainda que o site Homofobiamata, que é vinculado ao Grupo Gay da Bahia, mostra que 184 assassinatos de LGBTs foram noticiados no Brasil, somente neste ano. Para Anyky, a maioria dos governantes é omissa no combate à violência aos militantes do LGBT e faltam políticas públicas para essa população na área de segurança, educação e saúde.  
 
Serviço
 
17ª Parada do Orgulho LGBT de BH
Data: 10 de agosto de 2014, domingo.
Horário: 11h – Praça da Estação (avenida dos Andradas, 201, Centro, Belo Horizonte / 16h – Saída da marcha e abertura da bandeira do arco-íris
Itinerário da marcha: rua da Bahia, avenida Afonso Pena e término na rua Professor Moraes com avenida Afonso Pena.
Realização: Cellos-MG
Contato: (31) 3075-5724
 
 
I Jornada BH sem Homofobia
 
Data: 6/08 (quarta-feira): Cerimônia de entrega do “X Prêmio de Direitos Humanos e Cidadania LGBT de Belo Horizonte” e exposição “Memória e cidadania LGBT em BH”
Horário: 19h30
Local: Museu Histórico Abílio Barreto - Rua Prudente de Morais, 202 – Cidade Jardim
Realização: Cellos-MG e Professor de História da UFMG Ely Bergo de Carvalho
Contato: (31) 3075-5724
 
Data: 7/08 (quinta-feira): Seminário “Diversidade Sexual e religiões – O diálogo é possível?” 
Horário: 19h 
Local: Conselho Regional de Psicologia - Auditório (Rua timbiras, 1532 – 6º andar – Lourdes/BH) 
Realização: Cellos-MG
Contato: (31) 3075-5724
 
Data: 9/08 (sábado): Roda de conversa sobre saúde LGBT 
Horário: 14h
Local: Secretaria Municipal de Políticas Sociais (R. Espírito Santo, 505 - 18º andar – Centro/BH)
Realização: Cellos-MG
Contato: (31) 3075-5724
 
Data: 9/08 (sábado): “Tudo a ver” – Último encontro com os voluntários da XVII Parada do Orgulho LGBT de BH
Horário: 16h
Local: Secretaria Municipal de Políticas Sociais (R. Espírito Santo, 505 - 18º andar – Centro/BH)
Realização: Cellos-MG
Contato: (31) 3075-5724