Os motoristas que deixam Belo Horizonte na noite desta quarta-feira (11), véspera do feriado de 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, têm de ter bastante paciência. Além dos já tradicionais congestionamentos nos corredores de acesso às principais rodovias que ligam a capital ao interior ou a outros estados, as principais vias da capital também registram bastante lentidão.

Segundo a BHTrans, o tráfego está complicado nas principais vias da cidade e, às 18h23, já tinham sido registrados 127 Km de lentidão.

O fluxo está intenso nos dois sentidos da avenida Amazonas e nos dois sentidos da Afonso Pena, no entorno da Rodoviária. Também há retenções na avenida do Contorno, da Praça da Estação até o Complexo da Lagoinha. 

Na Olegário Maciel, trânsito lento nos dois sentidos; na Teresa Cristina, bairro Coração Eucarístico até Contagem também; assim como na avenida Bias Fortes, sentido praça Raul Soares; e na avenida Dom Pedro II, sentido bairro. 

Outro registro de lentidão está nos dois sentidos da avenida Silviano Brandão, próximo ao estádio Independência; e na avenida Cristiano Machado, sentido bairro, na saída para o Anel Rodoviário.

Na avenida Antônio Carlos, sentido bairro, também há retenção. Assim como no Anel Rodoviário, sentido Rio de Janeiro, a partir da avenida Carlos Luz até a avenida Pedro II; na BR-040, saída para Sete Lagoas e Brasília; na BR-381, sentido São Paulo; na BR-356, da curva do Ponteio até o Anel Rodoviário; e nas avenidas Raja Gabaglia e Barão Homem de Melo, sentido Belvedere.

Apesar do grande congestionamento, não há registro de acidentes graves nas rodovias mineiras e na capital.

Caminhões terão circulação restrita

Segundo o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), haverá restrição de tráfego de veículos pesados, nas vias de pista simples, na quinta-feira (12), das 6h às 12h, e no domingo (15), das 16h às 23h59.

Estarão proibidos de circular veículos de carga tipo bitrens, treminhões e rodotrens (com mais de duas unidades, sendo uma tratora e as demais tracionadas e comprimento entre 19,80 e 30 metros); cegonheiras (com duas unidades e média de 22,40 metros de comprimento); cargas indivisíveis (que excedam as medidas regulamentadas) e, ainda, veículos com até duas unidades, acima de 2,60 metros de largura ou mais de 4,40 metros de altura ou acima de 18,60 metros de comprimento, portando ou não Autorização Especial de Trânsito (AET).

Leia mais:
Confira o que abre e fecha em BH no feriado de 12 de outubro
Acidentes na 381 e 251 deixam mais de 30 feridos nesta quarta
Feriadão deve ser de calor em BH, no litoral e cidades históricas