A sede da BHTrans, no Buritis é a partir desta quarta-feira (3) mais um ponto fixo para o comércio de produtos gerados pela Economia Popular Solidária (EPS). As feiras, promovidas pelo Governo de Minas Gerais por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese) tem o objetivo de incentivar a geração de renda entre os empreendedores. 

O local fica em um dos bairros mais populosos de Belo horizonte e terá como público mais de mil pessoas, entre funcionários da BHTrans e itinerantes do local. A primeira feira vai durar três dias e contará, principalmente, com delícias da culinária mineira. Artesanatos como produtos de decoração, vestuário, bolsas, mochilas e bijuterias também poderão ser adquiridos no local. 

Em 2015, o Governo de Minas, por meio da Sedese, realizou 10 feiras regionais de EPS pelo interior e uma Feira Estadual na Praça da Assembleia, na capital mineira. Mais de 42 mil pessoas visitaram as feiras e geraram um faturamento superior a R$ 410 mil para os empreendedores. Desde então, outros pontos fixos foram criados no interior. Eles contam com kits de 30 barracas, doados pela Sedese aos movimentos de EPS locais. 

Leia mais

Belo Horizonte recebe oficinas gratuitas de maquetes do Conjunto Moderno da Pampulha
Escadaria demolida da Igreja do Bonfim deverá ser reconstruída pela Prefeitura Municipal
Délio Malheiros oficializa candidatura à Prefeitura de Belo Horizonte