Exatos 314 desfiles de bloquinhos vão ocorrer pelas ruas de BH até a Quarta-Feira de Cinzas. Só para hoje estão previstos oito cortejos. Ontem, foliões também puderam se divertir em alguns eventos organizados na cidade, como o do Bloco Reciclado, que aconteceu no viaduto Helena Greco, no Carlos Prates, região Oeste da capital.

Porém, nem só de blocos é feito o Carnaval de Belo Horizonte. Quem não gosta de andar pelas ruas atrás das baterias debaixo do sol quente, ou em alguns casos se escondendo da chuva, tem a opção de curtir shows variados nos nove palcos que a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) vai oferecer.

A programação oficial dos espaços foi divulgada ontem. Dois deles – no Parque Municipal e na Savassi – serão focados na programação infantil, com o Carnavalzinho.

Serão mais de 60 apresentações musicais nos nove palcos montados pela Prefeitura de BH nas regionais Centro-Sul, Norte, Nordeste, Barreiro e Venda Nova; a programação completa está disponível no portal hojeemdia.com.br 

As apresentações musicais começam na noite de hoje, com seis grupos e um DJ na Praça da Estação, no hipercentro. As atrações seguem até a terça-feira de Carnaval. Alguns bloquinhos famosos por arrastar multidões para as ruas da cidade também vão se apresentar, como o Havayanas Usadas, no domingo, também na Praça da Estação.

Consequência natural do crescimento do Carnaval da capital nos últimos anos, a expansão desses locais aptos a receber apresentações é resultado também da promessa da PBH em descentralizar a folia.

Ao contrário de 2017, quando os três espaços oficiais se concentravam na região Centro-Sul, neste ano as atrações chegam às regionais Leste, Norte, Nordeste, Barreiro e Venda Nova.