Mesmo diante dos inúmeros problemas que se evidenciaram na estreia do BRT/Move, em Belo Horizonte, o sistema provou ser uma alternativa ao automóvel. Duas equipes de reportagem do Hoje em Dia partiram, em pleno horário de pico desta segunda-feira (10), da Estação São Gabriel, na região Noroeste, até o Centro de Belo Horizonte, pelo corredor da avenida Cristiano Machado, inaugurado no sábado (8). Em um percurso de 7 km, a equipe que utilizou os ônibus articulados do BRT/Move gastou 20 minutos (linha 82 - Região Hospitalar/Savassi), enquanto que a equipe que viajou de carro, pela pista mista lateral, levou mais de uma hora.

Esta segunda-feira é considerada a "prova de fogo" para o BRT/Move, que começou a operar parcialmente, com 18 ônibus articulados. Os veículos circularam hoje bastante cheios, com muitos passageiros de pé, diferentemente do registrado no fim de semana. O sistema é implementado na capital de maneira gradativa. Outros dois corredores, o das avenidas Antônio Carlos/Pedro I e Viarinho, têm inauguração prevista até maio, antes da Copa do Mundo.