Quem pretende visitar as cachoeiras de Tabuleiro e Rabo de Cavalo, no Parque Estadual da Serra do Intendente, em Conceição do Mato Dentro, Região Metropolitana de Belo Horizonte, vai ter mais facilidade no acesso. 

Os atrativos ganharam novas estruturas, contando agora com escadas, corrimãos e pontes nos trechos de difícil acesso do percurso até as quedas d’água, além da drenagem refeita nos principais pontos do terreno. As mudanças nas duas trilhas buscam dar mais segurança aos frequentadores, além de melhorar questões relacionadas à localização dos pontos de visita. 

“As mudanças permitem melhor acessibilidade e maior segurança aos visitantes. O projeto de readequação tem também sinalização, com informações sobre fauna, flora e geologia do local”, explica a analista ambiental do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Cristiane Froes, responsável pelo acompanhamento do projeto de trilhas da reserva ambiental. 

A recuperação é fruto da parceria entre IEF, Prefeitura de Conceição de Mato Dentro e a mineradora Anglo American. No projeto, foram investidos cerca de R$1 milhão, provenientes de condicionantes estabelecidas no licenciamento ambiental de empreendimento Minas-Rio, da empresa, na região.
 
Tabuleiro é a maior cachoeira do Estado, com 273 metros de altura, e a terceira maior do país, ficando atrás apenas da Cachoeira do Aracá, no Amazonas, com 365 metros, e, da cachoeira da Fumaça, na Bahia, com 340 metros.
 
Juntamente com o Parque Nacional da Serra do Cipó e a Área de Proteção Ambiental (APA) do Morro da Pedreira, o Parque Estadual da Serra do Intendente forma um conjunto de unidades de conservação inseridas na Serra do Espinhaço. 

As estruturas foram inauguradas na solenidade que marcou também o retorno da visitação à Cachoeira de Tabuleiro, em 20 de dezembro. O ponto turístico estava com acesso fechado desde maio deste ano para a realização de obras de readequação das trilhas. O acesso à cachoeira Rabo de Cavalo já existia, mas foi reestruturado e entregue ao público em julho deste ano.