Um homem foi preso em Contagem, na Região Metropolitana, por ser suspeito de fazer parte de uma quadrilha que transporta cargas não legalizadas e usa documentos falsos para burlar a fiscalização. Segundo a Polícia Civil (PCMG), o homem de 40 anos dirigia um caminhão com sacos de cal quando foi abordado, mas os documentos em mãos não correspondiam ao material transportado. 

Ainda segundo a PCMG, o motorista disse ter sido vítima de roubo em Sergipe, de uma carga avaliada em, aproximadamente, R$587 mil com materiais diversos (cama, mesa e banho) e apresentou um boletim de ocorrência, que teria sido feito naquele Estado, no dia 5 de maio. Mas, em contato com policiais civis de Aracaju (SE), a equipe da PCMG foi informada que o registro policial apresentado seria falso por não constar no sistema de registro de ocorrência a numeração apresentada. O caminhoneiro, então, foi preso por uso de documento falso. 

As investigações terão continuidade em parceria entre policiais civis de Minas Gerais e Sergipe.