Queridinha do mercado imobiliário desde 2010, a Pampulha ainda se destaca quando o assunto é venda de unidades em Belo Horizonte. Dos 1.488 imóveis comercializados na capital de janeiro a maio deste ano, 669 (45% do total) estavam na região, de acordo com levantamento do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (Sinduscon-MG), deixando para trás a Centro-Sul (229) e zona Norte (166).

Também no quesito edificações novas, a Pampulha teve o maior número de empreendimentos lançados no mesmo período. Foram 686, contra 136 na Centro-Sul. Não houve lançamentos nas outras regiões da cidade nos primeiros cinco meses do ano.

“Isso mostra que ela irá crescer ainda mais”, afirma Evandro Veiga Negrão de Lima Junior, vice-presidente de Comunicação do Sinduscon.

Segundo ele, os olhares do mercado imobiliário sobre a área ficaram mais intensos após as melhorias no Vetor Norte de Belo Horizonte, com a instalação da Cidade Administrativa, a duplicação das avenidas Antônio Carlos e Pedro I e as reformas no Mineirão e Mineirinho.

Diretora regional da Pampulha na Câmara do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi-MG), Abigail de Castro também destaca as facilidades de acesso para o grande interesse por moradias na região: as avenidas Antônio Carlos, Cristiano Machado e Carlos Luz, além do Anel Rodoviário. “Todas essas vias fazem ligações com várias partes da cidade, o que não acontece, por exemplo, com quem mora no Buritis, que tem apenas a avenida Mário Werneck”.

Leia mais:
Ensaio fotográfico: os olhares sobre ela
Pampulha, pra que te quero? Visita aos monumentos aumenta expressivamente após tombamento mundial
Quinze casas modernistas podem receber blindagem do patrimônio municipal
Banheiros serão reabertos, e ônibus ligará monumentos
Roteiro pela Pampulha tem zoo, aquário de água doce, Jardim Japonês e boliche
Bares e restaurantes têm alta de 25% no primeiro fim de semana após o título
Em meio à crise no setor, reservas em empreendimentos na Pampulha sobem 30%
Reduto de novas oportunidades: crescimento da região amplia potencial de ganho para empreendedores
Em ritmo de festa, capital celebra a chancela: programação especial e gratuita marca conquista