A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) intimou nesta quinta-feira (2) Victor Chaves, da dupla Victor e Leo, mais a mãe e irmã do cantor para prestarem depoimento. Segundo a assessoria de imprensa da PCMG. Eles ainda não compareceram à Delegacia de Mulheres de Belo Horizonte, mas devem ser ouvidos nos próximos dias.

O motivo da intimação é a ocorrência de agressão registrada por sua esposa Poliana Bagatini, de 29 anos, que está grávida, no dia 24 de fevereiro, contra o cantor. Ela relatou para a polícia que levou chutes e socos de Victor, além de ter sido ameaçada de morte pela irmã dele. Tudo isso aconteceu no apartamento do casal, que fica localizado no bairro Luxembrugo, na região Centro-Sul da capital.

No dia seguinte, a esposa do cantor foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar um exame de corpo de delito. Durante a confusão, a mãe de Victor também registrou uma ocorrência contra Poliana.

Já no dia 26 de fevereiro, a esposa de Victor divulgou uma carta desmentindo o ocorrido e dizendo que houve uma discussão familiar com a sogra e que seu marido teria tentando contê-la. Como Bagatini não tem parentes em BH, procurou na Polícia, um apoio.

Diante dos fatos, o cantor pediu afastamento do programa “The Voice Kids”, no qual é jurado ao lado de Leo, Ivete Sangalo e Carlinhos Brown. Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa de Victor ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Leia mais:
Victor, da dupla com Leo, posta pela primeira vez após suposta agressão
Esposa de Victor desmente a agressão e diz que briga foi com a sogra
Cantor Victor se afasta do programa 'The Voice Kids'
Esposa de Victor Chaves volta à delegacia para prestar depoimento contra o cantor sertanejo