O delegado César Augusto Monteiro Alves Júnior foi exonerado do cargo de chefe do Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) nesta terça-feira (8), segundo o Diário Oficial de Minas Gerais. No lugar dele, o delegado Alessandro Amaro da Matta assume o cargo.

Em janeiro, Alves Júnior teve a CNH apreendida após acumular 120 pontos relativos a 26 infrações de trânsito, quase todas de sua caminhonete Dodge Journey e a maioria por excesso de velocidade. À época, o então diretor decidiu abrir um processo administrativo contra ele mesmo para apurar as multas. A CNH do ex-diretor do Detran-MG já havia sido suspensa por 60 dias após atingir 50 pontos.

A Polícia Civil  informou que as "realocações em seu quadro de pessoal são pautadas em avaliações técnicas administrativas”, e que a realocação de César Augusto Monteiro Alves Júnior deve ser publicada nas próximas edições do Minas Gerais, mas ainda não há data definida. 

Leia mais:
Diretor do Detran-MG entrega documento de habilitação e permanece no cargo