Centenas de ciclistas se reuniram neste sábado (13) para protestar pela segurança no trânsito. A mobilização começou no Facebook, após a morte do ciclista profissional Hugo Cavenelas, de 38 anos, que foi atingido por um carro, enquanto treinava na MGC-262, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A concentração foi na Pampulha, no início da manhã. O grupo deu uma volta na lagoa e seguiu pela Avenida Antônio Carlos até o Centro da Capital, passando pelas praças da estação e 7, sempre reforçando a educação.

"Reduza a velocidade e mantenha distância lateral superior a 1,5m ao ultrapassar o ciclista. Caso não seja possível ultrapassar uma bicicleta com segurança, não ultrapasse. Aguardar o momento certo. Conscientização é o melhor caminho", publicou um dos grupos participantes em seu perfil no Facebook, o Lapa Bike.

Relembre

O ciclista Hugo Cavanelas, de 38 anos, foi atingido por um Ford Fiesta, na MG-262, durante um treino, no dia 3 de janeiro. 

Hugo foi internado em estado grave e morreu uma semana depois, no último domingo (7), no Hospital de Pronto Socorro João XXIII.

Leia mais:
Centenário ciclista francês se aposenta aos 106 anos
Morre ciclista atropelado em rodovia de Sabará; caso será investigado como homicídio culposo