Uma adolescente de 16 anos foi apreendida pela Polícia Militar suspeita de matar o padrasto esfaqueado, na noite dessa quarta-feira (11). O crime aconteceu na cidade de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce.

De acordo com a PM, a jovem teria reagido a um tapa que o homem deu em seu rosto durante uma discussão. A mãe da suspeita, em depoimento, afirmou que o marido parecia estar embriagado quando começou a discutir com a enteada. Depois do tapa, a menina pegou uma faca de cozinha e atingiu o padrasto, de 47 anos, no pescoço. 

Após golpear o padrasto, a adolescente fugiu para a casa de um irmão e, de acordo com a mãe, o padrasto estaria tentado ir atrás dela quando caiu na entrada da casa. 

Quando a PM chegou ao local, o corpo do homem estava sem sinais vitais e com forte hemorragia no pescoço. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e o Corpo de Bombeiros chegaram ao local e constataram a morte do homem, que foi encaminhado ao Posto de Perícia Integrada.

A menina foi encontrada na casa do irmão, confessou o crime e confirmou a versão da mãe. Ela foi apreendida e apresentada nesta quinta-feira (12) ao Ministério Público, que vai decidir se oferece ou não denúncia à Justiça.