Os estudantes têm até segunda-feira (19) para fazer a inscrição no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Podem concorrer alunos regularmente matriculados no Ensino Médio, em escolas da rede pública de ensino de Minas Gerais.   

Ao todo são 16.785 vagas em cursos técnicos gratuitos em diversas áreas, nas modalidades presencial e a distância. Nesta edição, são ofertados 42 tipos de cursos técnicos, com o período de duração de um ano a um ano e meio. 

A capacitação abrange 178 municípios de Minas Gerais e será realizada em 78 unidades de ensino, sendo 38 escolas da rede estadual, a Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais (Utramig), a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Institutos Federais e a Universidade Federal de Viçosa (UFV). 

O processo seletivo será feito por meio de sorteio público, realizado às 14h do dia 22 de junho, na Secretaria de Estado de Educação (SEE), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. E a seleção obedecerá aos seguintes critérios: 10% das vagas destinadas aos jovens com deficiências e para aqueles em medidas protetivas e socioeducativas; 65% das vagas destinadas aos jovens oriundos de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família matriculados no Ensino Médio; 25% das vagas destinada à ampla concorrência.

O resultado está previsto para o dia 27 de junho de 2017 e será divulgado na página da SEE e nas unidades de ensino escolhidas pelos estudantes na inscrição.

Matrículas

Os selecionados dentro do número de vagas disponibilizado deverão matricular-se na instituição de ensino que ofertará o curso para o qual se inscreveu. O período de matrícula, a documentação necessária e a data de início das aulas serão informados pela própria unidade de ensino.

Para comprovar as informações prestadas na inscrição, o candidato deverá apresentar, no momento da matrícula, os seguintes documentos: original e cópia do CPF e da carteira de identidade; comprovante de residência e de escolaridade.

Já o estudante classificado como excedente poderá continuar a concorrer, em segunda chamada, conforme convocação realizada pela unidade de ensino ofertante e obedecida a ordem de classificação.

A lista com os cursos, vagas, modalidade, instituição responsável e municípios pode ser conferida no edital.