Nesta quinta-feira (23) um concurso diferente - e delicioso, chega em BH para escolher os cinco melhores queijos artesanais produzidos em Minas Gerais. O 9º Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal, que será realizado durante a Megaleite, no Parque da Gameleira, reune 27 queijos das sete regiões produtoras.  

Os participantes foram classificados após vencerem concursos locais no Serro, Canastra, Araxá, Campo das Vertentes, Cerrado, Triângulo Mineiro e Serra do Salitre. De acordo com a Emater-MG, que coordena a competição em parceria com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, todos os produtores têm queijarias cadastradas no Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA).

Os queijos serão julgados de acordo com os critérios de apresentação, cor, textura, consistência, paladar e olfato. A comissão julgadora é composta por nove integrantes, incluindo ofissionais da extensão rural, inspeção e gastronomia, além de pesquisadores e professores universitários.

Queijo Minas Artesanal

Ao todo são cerca de 9 mil produtores em Minas Gerais, distribuídos entre as setes regiões produtoras do queijo minas artesanal, que são avaliadas e reconhecidas mediante avaliação do processo de fabricação e das características peculiares do local de origem, como a história, a economia, a cultura, o clima, entre outros.

Este tipo de queijo mantém as características de produção artesanal, que foi inclusive registrado como patrimônio cultural imaterial brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Além disso, é característica o uso mão de obra familiar, com produção em baixa escala e utilização de leite cru (não é permitido leite pasteurizado).
 

Serviço:
9º Concurso Estadual do Queijo Minas Artesanal
Data: 23 de junho de 2016 (quinta-feira)
Horário: 14 horas – Início do Julgamento
               16h30 – Premiação dos Vencedores
Local:  Estande do Governo de Minas na Megaleite 2016
             Parque de Exposições da Gameleira (Av. Amazonas, nº 6.020, Gameleira – Belo Horizonte/MG)