Moradores de edifícios localizados no entorno do viaduto Santa Tereza reclamam de rachaduras provocadas pela construção de um hotel de 17 andares, na avenida dos Andradas. No edifício Lisboa, na rua da Bahia, fissuras podem ser vistas no primeiro andar. O prédio também tem 17 andares e 63 apartamentos.

A vizinhança denuncia irregularidades na obra. O hotel estaria sendo construído em uma Área de Diretrizes Especiais (ADE), ao lado do viaduto, tombado pelo patrimônio histórico, e do Parque Municipal, tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha).

Porém, de acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte, a obra está devidamente licenciada e com alvará de construção dentro dos padrões legais. No entanto, as fissuras têm deixado os moradores bastante preocupados.

“Fizemos um laudo que comprova os danos causados no condomínio. As rachaduras são grandes, por isso acionamos o engenheiro responsável pelo empreendimento”, afirmou Ademir Moreira dos Santos, síndico do prédio. “Foram colocadas escoras nas lojas onde havia rachaduras para evitar problemas ainda maiores”, contou.

Medo

Ana Virgínia Cândida é moradora do edifício há quase dez anos e também está apreensiva com a situação. “O pânico é total. Temos o exemplo de outros desabamentos que começaram assim. Além das trincas grandes, começamos a ter alterações na parte elétrica dos apartamentos e os elevadores não funcionam como antes”, reclamou.

“Depois do hotel pronto também perderemos toda ventilação, luminosidade e visibilidade que temos hoje e isso vai trazer muitos problemas”, acentuou Cândida.

Monitorar

A Defesa Civil também foi acionada, realizou vistoria no local e informou que a situação está sob controle. Os moradores e lojistas foram orientados a monitorar os pontos atingidos e, em caso de agravamento da situação, acionar novamente o órgão.

Segundo informações da AEL Engenharia, responsável pela obra, a empresa tem adotado medidas necessárias para solucionar qualquer problema e danos causados durante a construção do empreendimento.