Um corpo foi encontrado carbonizado junto com uma motocicleta completamente queimada, na tarde desse domingo (8), às margens da BR-040, no sentido Sete Lagoas, na altura do Km 498, em Esmeraldas, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com informação da Polícia Militar (PM), um morador da região que passava pela rodovia avistou o corpo e acionou a polícia.

Ainda de acordo com PM, como o corpo foi encontrado em uma rodovia federal, a ocorrência foi registra pela Polícia Rodoviária Federal em Minas Gerais (PRF/MG).

Por se tratar de uma vítima em óbito, a Polícia Civil (PC) foi acionada para fazer a remoção do corpo, que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Belo Horizonte.

De acordo com informações da Polícia Civil, o homem estava sem documentos e deu entrada no IML como desconhecido. Ele foi levado para setor de antropologia para ser identificado através de exame de DNA. Ainda de acordo com a PC, duas famílias que têm parentes desaparecidos foram até ao IML para doar amostras de DNA que serão comparados com o da vítima.

Suspeita

No último dia 3 de julho, um homem de 42 anos saiu de uma festa às 23h30, em Ribeirão das Neves, na grande BH, e seguia de moto na BR-040 para Sete Lagoas quando desapareceu.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, após o desaparecimento do motociclista, a família comunicou o fato às autoridades e os militares dos bombeiros iniciaram as buscas pelo homem.

Ainda de acordo com os bombeiros, os trabalhos de buscas foram realizados por vários dias, mas foram encerrados sem sucesso por falta de informações sobre o desaparecimento e por informações desencontradas por parte da família.

A assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros confirmou que o local onde foi encontrado o corpo carbonizado junto com uma motocicleta fica na mesma região onde eram feitas as buscas pelo desaparecido.

Leia mais:

Homem desaparece na BR-040 enquanto seguia em 'comboio familiar'
Homem baleado busca socorro em coletivo do Move na Antônio Carlos
Mulher é suspeita de matar o companheiro a facadas em Betim