Silenciosa e muitas vezes indolor, a doença periodontal é perigosa e aumenta o risco de outras enfermidades, como a insuficiência cardíaca. 

O que poucos sabem é que o distúrbio demora anos para se instalar e tem prevenção simples: a higiene bucal diária.

O problema é originado por um conjunto de condições inflamatórias causadas pelo biofilme dental, que é uma fina camada de células formada por bactérias (placa) e outros microrganismos que “colam” na superfície dos dentes.

“O biofilme, que é uma denominação relativamente nova (antes era usada somente a expressão placa bacteriana), vai penetrando por baixo da gengiva e, lá, ocorre o aumento do calibre dos vasos sanguíneos em volta do dente”, explica o periodontista Herbert Barbosa Vilela.

Essa primeira etapa é chamada gengivite, que é tratada apenas com a correta higiene da boca feita com limpeza no consultório do dentista, escovação e uso de fio dental. 

“Cerca de 90% dos pacientes não passam o fio corretamente, só quando ‘agarra’ algum alimento como carne ou manga”, revela o especialista.

Evolução

No caso de a gengitive passar despercebida e não ser tratada, ela acaba, após um longo período, por se tornar uma periodontite. Neste momento, a pessoa começa a perder poços (tecido ósseo) e, com o agravamento do quadro, chega-se à doença periodontal. 

“Com a enfermidade instalada, existem dois métodos de tratamento: o não-cirúrgico, feito com raspagem no consultório, e, se não resolver, passamos para o cirúrgico”, aponta Herbert Vilela. Na fase cirúrgica, é feita a ressecção ou eliminação das bolsas periodontais. 

“A doença periodontal começa sempre com uma gengivite, que é tratada com a correta higienização da boca”
Herbert Vilela
Periodontista

Prevenção

Escovar os dentes após todas as refeições e passar o fio dental pelo menos duas vezes ao dia – após o almoço e antes de dormir – são os hábitos mais eficazes para prevenir-se das complicações periodontais, informa o especialista. “Mesmo depois de comer uma simples maçã, é necessária a higienização da boca para evitar acúmulos”, destaca Herbert Vilela.

O consultório do periodontista está localizado na avenida Brasil, 1.491, sala 506, no bairro Funcionários. Telefone: (31) 3022-1010.

Doença Periodontal