Preferidos dos vestibulandos, direito, administração, medicina e pedagogia estão entre os cursos mais procurados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre de 2018 e também na última edição do Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudos em universidades particulares do país. 

Na lista das dez carreiras mais almejadas pelos estudantes, segundo o Ministério da Educação (MEC), ainda estão graduações como enfermagem, psicologia, educação física e ciências contábeis. 

As diversas possibilidades de atuação no mercado de trabalho justificam as escolhas. Um exemplo é o curso de direito, que só na primeira metade de 2017 teve 268 mil candidatos inscritos pelo ProUni. “Além de poder advogar, caso seja aprovado pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), o formado pode seguir carreira pública, como a magistratura e a defensoria, ou optar por prestar serviços jurídicos em empresas privadas”, reforça o coordenador da graduação das Faculdades Kennedy, em Belo Horizonte, Hellom Lopes Araújo.

Na lista das dez carreiras mais almejadas por estudantes, segundo o Ministério da Educação (MEC), ainda estão graduações como enfermagem, psicologia e ciências contábeis

Prática

Na graduação da instituição os alunos começam a atuar no 7° período, supervisionados por professores e advogados, no Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ). O trabalho é gratuito. “Os estudantes entram em contato com as demandas da comunidade. Depois, fazem aconselhamentos e emitem pareceres técnicos com ajuda dos docentes”, acrescenta o coordenador. 

Nas Faculdades Promove, na capital, a possibilidade de contato com o lado prático da profissão também é um diferencial. “Os alunos passam a atender demandas da própria comunidade nos três últimos períodos do curso. É uma vivência que permite ao futuro advogado criar familiaridade com cada peça processual”, explica Fernanda Marçal, coordenadora do curso de direito na instituição.

Além da variedade de oportunidades no mercado de trabalho, a chance de abrir o próprio negócio salta aos olhos de alguns candidatos na hora de escolher a profissão. É o caso de quem sonha em se tornar administrador de empresas.

“O Brasil está entre os países mais empreendedores do mundo. Então, muitas pessoas procuram o curso interessadas em abrir o próprio negócio. Além disso, a carreira permite que os formados possam gerenciar recursos financeiros, materiais e humanos de empresas e corporações já estabelecidas”, afirma a coordenadora do curso de administração das Faculdades Promove, Andrea Arnault.

Fora do tradicional

Com mais de 130 mil candidatos interessados em uma vaga no primeiro semestre do ano passado, o curso de psicologia figurou no ranking das carreiras mais procuradas nas instituições particulares. Antenado a essa demanda crescente, o Promove busca atrair alunos para a graduação, que teve a primeira turma lançada em 2017. A estratégia da faculdade é investir em um ensino humanístico e voltado para temas sociais.

Estudante do 2° período, Patrícia França, de 22 anos, conta que a metodologia inovadora foi o que a atraiu na graduação. “Já pensava em fazer psicologia antes, mas me surpreendi justamente porque o curso tem uma proposta diferente e não aborda só a psicologia clínica. Ele trata de problemas e questões contemporâneas, como suicídios, questões do público LGBT e outros aspectos sociais”, disse a estudante.