Um DJ foi preso na madrugada deste domingo (15) chegando em um evento na Serraria Souza Pinto, em BH, com mais de 100 compridos de uma substância semelhante a ecstasy. A Polícia Militar teria sido avisada por um denunciante que deu detalhes sobre o veiculo em que o rapaz estaria transportando a droga.

No momento em que o carro, uma Captiva preta, estava chegando no local, foi abordado pelos policiais. Dois rapazes, de 22 e 21 anos, estavam no veículo e foram revistados. Com o que estava no banco do carona, a polícia encontrou 105 compridos do que seria ecstasy e cerca de R$ 900.

Em conversa com os militares, o rapaz, que seria DJ e tocaria no evento na Serraria Souza Pinto, teria admitido que venderia a droga no local. Segundo ele, teria comprado cada comprido por R$ 15 e venderia a R$ 50. O outro rapaz, que estava dirigindo o carro, disse que foi apenas chamado para levar aparelhagem de som ao local e que não sabia nada sobre a droga sintética.

O veículo em que estavam foi apreendido e encaminhado para o pátio. Os dois rapazes foram detidos e levados para a Central de Flagrantes, onde a ocorrência foi encerrada.