O serviço de transporte coletivo em Belo Horizonte pode ser paralisado entre 21h e 4h, caso ocorra novos incêndios a ônibus. A ameaça é do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH). 

De acordo com o sindicato, as empresas não têm condiçoes de repor os ônibus queimados, prejuízo que gira em torno de R$ 400mil. Ainda segundo o SetraBH, as autoridades precisam tomar medidas para conter os recentes ataques, que já queimaram quatro ônibus na capital. Segundo levantamento do sindicato são 11 veículos incendiados só em 2018.

Na noite desta quinta-feira (07) o alvo dos criminosos foi o coletivo da linha 8207 (Maria Goretti/Estrela Dalva), que foi totalmente consumido pelo fogo no ponto final da rua Maria das Graças, bairro Maria Goretti, na região Nordeste de Belo Horizonte, quando o motorista de preparava para fazer a última viagem do dia.

Leia mais:
Caratinga, Tupaciguara e Itanhandu são alvo de novos ataques criminosos nesta sexta
Mais três veículos são incendiados em Minas, e facção deixa pichação no local do ataque
Polícia Militar prende mais um suspeito de incendiar ônibus em Uberaba
Minas já soma 60 ônibus incendiados em ataques desde domingo
Onda de ataques continua: ônibus são queimados em Uberlândia e Sacramento