Mil casais puderam dizer “sim” em frente ao juiz e oficializar a união no casamento comunitário realizado pela Defensoria Pública de Minas Gerais na manhã desta sexta-feira (23), no Mineirinho. A cerimônia contou com a entrada dos noivos em tapete vermelho, marcha nupcial, troca de alianças, bênção ecumênica, entrega das certidões de casamento e sorteio de presentes.

Esta é a segunda edição do casamento comunitário em Belo Horizonte. Em 2015, a Defensoria Pública de Minas Gerais promoveu a primeira edição do casamento na capital, beneficiando 619 casais.

Leia mais:
Cerimônia oficializa a união de casais sem condições de arcar com despesas

Outras edições do evento foram promovidas no interior do Estado. Se o casamento não fosse realizado de forma gratuita, os trâmites do cartório custariam para os noivos, em média, R$ 500, mais os gastos com a cerimônia. Todos os participantes tiveram que fazer uma inscrição, que terminou no mês passado.

casamento comunitário