Os alunos que prestarão, em novembro deste ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão contar, a partir desta quarta-feira (1º) com um aplicativo que permitirá o acompanhamento das informações sobre as etapas da avaliação. O app poderá ser acessado tanto via smartphone quanto tablet das plataformas IOS, Android e Windows Phone.

Além de possibilitar o contato entre participantes, o app vai auxiliar na organização dos prazos, facilitará a consulta à situação dainscrição, cronograma, locais de provas, cartão de confirmação, gabaritos e os resultados.

Entre as funcionalidades oferecidas está a função alerta, que permite ao estudante selecionar as informações sobre as quais deseja ser notificado quando forem atualizadas dentro do cronograma. O estudante também pode fazer uma listagem das ações já concluídas durante as etapas do exame, de forma a controlar as pendências.

No mural de avisos, o participante tem acesso a comunicados oficiais enviados pelo Inep. Em casos de dúvidas, a sessão perguntas frequentes estará sempre disponível, bem como as informações sobre o cadastro.

Para ter acesso, basta inserir o login e senha cadastrados no sistema do Enem. Para segurança, o estudante deve conferir se o desenvolvedor da ferramenta é o Inep.

Enem 2016

As provas do Enem serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro. A nota do exame é usada na seleção para vagas em instituições públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas na educação superior privada, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e vagas gratuitas nos cursos técnicos oferecidos, por meio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

O resultado do exame também é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e participar do Programa Ciência sem Fronteiras. Para pessoas maiores de 18 anos, o Enem pode ser usado como certificação do ensino médio.

A plataforma Hora do Enem disponibiliza gratuitamente um plano de estudos individual para quem quer se preparar para o exame. O estudante faz um cadastro no qual indica o curso que pretende fazer. O site também permite ao candidato participar de simulados nacionais, além de ter acesso ao Mecflix, portal com mais de 1,2 mil videoaulas.

Leia mais

Enem: travestis e transexuais já podem solicitar uso do nome social
Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir de hoje


(*)Com Agência Brasil