Em comemoração à conquista do título de Patrimônio Cultural da Humanidade concedido ao conjunto moderno da Pampulha pela Unesco, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação Municipal de Cultura (FMC), apresenta a exposição "JK e a Modernidade". A mostra pode ser visitada na Casa do Baile, na avenida Otacílio Negrão de Lima, 751, Pampulha, até o dia 22 de agosto, de terça a domingo, das 9h às 18h. Nas quintas-feiras, pode ser conferida até às 21h. A entrada é gratuita.

A exposição tem o objetivo de destacar, através do olhar de Juscelino Kubitschek, a importância da criação do complexo turístico e de lazer da Pampulha e propõe a criação de um ambiente que permita ao usuário uma experiência única e pessoal de visitação. Além de observar imagens históricas que buscam retratar os tempos áureos da Casa do Baile e da Pampulha, quando o próprio JK era um assíduo visitante, o público poderá compreender a atuação do prefeito JK na modernização da capital mineira, conforme relatado em suas memórias.

Além de textos e imagens, a exposição traz também dados biográficos dos personagens responsáveis pela criação do conjunto moderno da Pampulha, bem como fatos que possibilitam inserir o conjunto criado por JK na história nacional e mundial, compreendendo assim a sua relevância. "O visitante será convidado a fazer parte dessa história, inserindo também seus dados biográficos, memórias e lembranças pessoais", afirma Guilherme Maciel Araújo, gestor da Casa do Baile.

Leia mais:

Conjunto moderno da Pampulha receberá certificado de Patrimônio Mundial

Tombamento de casa projetada por Niemeyer na Pampulha definido junto com entrega do título da Unesco